5 razões para conhecer a região de Serro em Minas Gerais.

Este pode ser seu próximo roteiro, e vou te falar por que!

Localizada no centro da Serra do Espinhaço a região de Serro é rodeada de morros, rios e cachoeiras, e por isso além de histórica a cidade é um excelente destino para o ecoturismo. Conhecida antigamente como Vila Príncipe do Serro Frio, esta cidade foi uma das primeiras comarcas da capitania das Minas Gerais, e eis aqui uma das primeiras razões para conhecê-la.

Razão 1- Serro foi a primeira cidade histórica de Minas Gerais.

Por possuir um belo conjunto arquitetônico, em 1938, Serro foi o primeiro município do país a ser tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.  Mesmo esquecida nos roteiros das cidades históricas de Minas, o que é um pena, as igrejas e arquitetura das construções no centro histórico também impressionam, além de na cidade haver belas igrejas, museus e valiosos objetos da arte sacra.

3- Quero Mochilar Serro

Foto: Igreja Santa Rita – O cartão postal da cidade.

2- Quero Mochilar Serro

Foto: Vista da escadaria direto para o centro histórico.

Linda, não?… Serro fará você voltar no tempo, pode acreditar!

Razão 2- Descansar a alma em Milho Verde.

Milho Verde, um nome estanho e as vezes nem tão atrativo a não ser pela imagem que nos traz a mente, mas se ainda não ouviu falar daqui, você vai se encantar com tanta coisa que este cantinho de Minas pode te oferecer.

Distrito de Serro, Milho Verde é um povoado que se originou no início do século XVIII junto ao garimpo de pedras preciosas na região de Diamantina e viveu da exploração destes minérios durante décadas, até esgotar as possibilidades de extração destes recursos naturais. Esquecida por um tempo, Milho foi redescoberta e ganhou vida com o turismo.

Com pouco movimento, lá pela década de 80 seu pitoresco cenário atraiu hippies e, em seguida, turistas em busca de sossego, trilhas e banhos nas cachoeiras e com isso a comunidade acabou sendo divulgada no boca a boca e o turismo acabou crescendo até chegar ao que é hoje.

Com menos de 2 mil habitantes a pequena cidade escondida entre Diamantina e Serro, que também faz parte da rota da estrada real, recebe milhares de turista anualmente em busca de paz, sossego, história e principalmente belas paisagens naturais.

Descansar no verde gramado da Capela do Rosário e beber um vinho ou cerveja jogando conversa fora com amigos é uma das coisas mais relaxantes que você pode fazer por aqui.

7.0- Quero Mochilar

Foto: Festival de Inverno 2017.

11- Quero Mochilar Milho Verde

Foto: Simbolo da cidade, a Capela do Rosário já foi até capa de disco de Milton Nascimento.

Razão 3- Queijos de Serro.

O queijo de Serro tem qualidade garantida não só por palavras, pois seus queijos foram os primeiros bens registrado como Patrimônio Imaterial de Minas Gerais em 2002, e também no ano de 2008 entrou na lista de Patrimônio Imaterial do Brasil.

26- Quero Mochilar Serro

Com tudo isso, tem como duvidar que o trem é bão???

Razão 4- Se refrescar em belas Cachoeiras.

Devido sua geografia, na região há várias cachoeiras, sendo muitas de fácil acesso, uma pequena trilha e logo você esta em um belo poço para refrescar.

As mais conhecidas são:

  • Cachoeira do Moinho: Uma Cachoeira com várias corredeiras, duas quedas e vários poços para nadar.

2- Quero Mochilar Milho

  • Cachoeira do Carijó: Uma cachu quase sem trilha, colada na rodovia. Formada por uma pequena queda, mas com um poço ótimo e super limpo, ideal principalmente para crianças.

24- Quero Mochilar Milho

Essas são só algumas, pois há muito mais na região.

Não dá vontade de mergulhar na foto?

Razão 5- Aventurar-se e sair da rotina.

Nem só cachoeiras de fácil acesso você encontrará na região. Para quem quer um pouco mais de aventura e exercitar-se, há também opções como a Cachoeira do Tempo Perdido, no distrito de Capivari, considerada a mais bela da região, onde para chegar, só mesmo encarrando um trilha de 4 km sob o sol do nortão de Minas.

1

Foto: Trekking para o Tempo Perdido.

9

Foto: Cachoeira Tempo Perdido.

Ainda em um outro simpático distrito nas proximidades, São Gonçalo do Rio das Pedras, há uma cachoeira subterrânea, isso mesmo, uma queda de água dentro de uma caverna, um lugar super diferente, onde para chegar você tem que entrar em um buraco e andar no escuro com a água até no peito, loucura, não?

2- Quero Mochilar

Deu vontade de correr para lá agora, não deu???

E você esta esperando o que???

Encontre aqui roteiros prontinhos para cada um destes lugares e boa viagem!!

 

Language »