Belo Horizonte – MG

Pensar em Minas é pensar em comida boa, mas pensar em Belo Horizonte é pensar em comida boa de um estado inteiro em um só lugar. “Beagá” além de ser a capital do boteco, ter o Mineirão e belos parques e praças é uma das melhores cidades para se comer bem e fazer um tour gastronômico inesquecível. Pode apostar!

INFORMAÇÕES DE: Novembro de 2017.

ROTEIRO PARA: 2 dia.

TIPO DE VIAGEM:  Viagem de final de semana.

HOSPEDAGEM: Wally’s House Hostel – (R$ 95/dia – Quarto privado com cama de casal e banheiro compartilhado).

Este é um novo hostel inaugurado em setembro de 2017 em um bairro tradicional da zona sul: Barro Preto. O Hostel fica a 1,2 km do Mercado Central, uma das principais atrações da cidade e tem uma equipe super simpática.

Um lugar simples, bem localizado e com vários tipos de quartos, de privativo a quartos compartilhados – Um hostel com bom preço e jeito de mochileiro.

Todos contatos no fim do post.

Precisando fazer sua reserva? Consulte os preços do Wally´s e reserve sua estadia pelo BOOKING.COM nos atalhos do blog, estas reservas viram pequenas comissão, VOCÊ NÃO PAGARÁ NADA A MAIS POR ISSO, e estará ajudando o Blog a se manter no ar, monetizando nosso trabalho e rendendo ótimas dicas para você.

SOBRE BELO HORIZONTE

À primeira vista Belo Horizonte pode não ser tão atrativa para você. Porém a capital de Minas é perfeita para quem quer roteiros rápidos e baratos. A cidade é daquelas que exigem apenas um mapa na mão para ser percorrida e o melhor de tudo: muitas das atrações são de graça.

Belo Horizonte, ou Beagá (BH) é uma grande capital, com uma população em torno de 2,5 milhões de habitantes, sendo o 6º município mais populoso do país. Composta por uma bela paisagem, a cidade esta cercada pela Serra do Curral e foi construída toda planejada, assim como Brasília, para ser a capital política e administrativa do estado.

BH exerce significativa influência nacional e até internacional do ponto de vista cultural, econômico e político, e ainda conta com importantes monumentos, parques e museus, como o Museu de Arte da Pampulha, o Museu de Artes e Ofícios, o Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, o Mercado Central e a Savassi.

Por ter mais bares per capita do que em qualquer outra grande cidade do Brasil, BH ficou nacionalmente conhecida como a “capital dos botecos”, e lá podemos encontrar bares para todos os gostos e estilo. “Bão demais, não?”

Chega de “papim” e bora fazer um tour na capital mineira com o Quero Mochilar?

Fonte: Wikpedia.

9.4.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Como chegar?

Belo Horizonte fica logo ali segundo os mineiros… rs, mas afinal de contas como chegar?

Há várias maneiras de chegar a Belo Horizonte, que por ser capital está bem conectada as principais rodovias do país. Vou focar aqui em explicar para quem chega de voo até a cidade.

Há dois aeroportos:

  • Aeroporto da Pampulha: Que é mais central, próximo a uma das principais atrações turística: A lagoa da Pampulha. Este aeroporto é o menor e recebe poucos voos diários, mas uma ótima pedida para quem vai ficar na cidade e está com menos tempo, pois gastará menos com deslocamento e ainda poupará tempo.
  • Aeroporto de Confins (Tancredo Neves): Esta aeroporto fica a 41 km do centro da cidade e nos horários de pico, principalmente durante dias úteis, costuma ter bastante transito para chegar até ele, sendo que mesmo com carro a viagem pode levar de 50 minutos a 1 hora. Pelo seu porte são aqui que chegam a maioria dos voos e encontramos as passagens mais baratas.

Quando chegar nos aeroportos, para se deslocar até a cidade há as seguintes maneiras:

Carro: Táxi Oficial do Aeroporto e Uber: Preço na Faixa de R$ 120,00 a R$ 150,00 – Preço do deslocamento do aeroporto de Confins até região central. Em relação ao Uber pode custar 30% a menos.

Ônibus: Em ambos os aeroportos há um ônibus que chama Conexão Aeroporto com preços a partir de R$ 26. Estes ônibus tem vários horários e partem de meia em meia hora de seus pontos. Os ônibus saem do centro ou dos aeroportos, passando por vários lugares da cidade (inclusive rodoviária).  É super fácil encontrar estes ônibus, está logo na saída do aeroporto. Essa é uma dica de ouro e a maneira mais barata e confortável para se chegar na cidade.

Tempo Previsto da viagem: 50 minutos.

Consulte horários de compre sua passagem: Aqui.

Quando ir?

Belo Horizonte pode ser visitada o ano todo, principalmente pelo fato de suas principais atrações serem em lugares fechado. Em relação ao clima, podemos destacar de maneira simples:

  • Meses mais chuvosos – Novembro, Dezembro e Janeiro
  • Meses mais secos – Junho, Julho e Agosto

Se você quer somente curtir a história e cultura da cidade evite temporadas, quando os preços sobem e as atrações ficam mais cheias. E o que seriam temporadas em uma cidade não tão turística?

O Carnaval de Belo Horizonte vem crescendo muito nestes últimos anos e nesta época a cidade fica lotada e a demanda por hotéis sobem. A cidade também é sede de vários congressos e seminários, que quando são de grande porte acabam ocupando muitas das vagas dos hotéis, por isso reserve com antecedência sua hospedagem. BH também recebe vários shows nacionais, internacionais e festivais de musicas durante o ano todo, o que aumenta a procura por hotéis também.

Para aqueles que curtem bares e culinária vale visitar a cidade durante o evento Comida di Buteco, que ocorre todos os anos entre abril e maio. Este festival envolve dezenas de bares e botecos de “Beagá” que preparam pratos especiais para votação do público. É ótimo nesta época fazer uma maratona e visitar vários estabelecimentos.

Ainda entre abril e maio há o Botecar, um evento que ocorre antes do Comida di Boteco e que conta com bons quitutes e grande lista de opções para se deliciar com a culinária mineira.

Consulte histórico e mais informações climáticas da cidade: Aqui.

Segurança.

Assim como toda grande cidade do nosso querido Brasil quem visita Belo Horizonte tem que tomar os mesmo cuidados de sempre: Evitar andar com muito dinheiro na rua, separar dinheiro em vários bolsos, estar sempre atento, cuidar do celular etc…, ou seja, nada de diferente de nenhuma outra capital.

Andei pelas praças e centro da cidade e foi bem tranquilo e em nenhum momento me senti inseguro ou preocupado, como acontece em alguns lugares. Pelo que entendi, a maior parte dos roubos na cidade são de celulares.

ROTEIRO

Planejamento da viagem.

Já no caminho, a cada parada vamos entrando no clima de Belo horizonte. Por todos os lados somos seduzidos por delícias direto da roça: queijo, doce de leite, pamonha etc… e nosso apetite vai se abrindo, o que só aumenta a expectativa pelo que está por vir.

No primeiro momento, os que não viajam muito ou pouco conhecem a capital mineira estranham você dizer que vai para BH para curtir um feriado, mas impossível uma capital de 2,5 MM de habitantes não ter nada de interessante, não é? E Belo Horizonte tem sim, roteiros para muitos dias e para todos os gostos e independente se você gosta de belas paisagens, botecos, história ou cultura, você irá se apaixonar mesmo é pela comidinha mineira. Pode apostar!

Já fui várias vezes a BH, algumas a trabalho e poucas para lazer, e nestas idas e vindas na cidade resolvi listar o que penso ser indispensável em um roteiro de 2 dias para turistar pela capital mineira.

O QUE FAZER EM BELO HORIZONTE?

Antes de começar vamos separar as principais atrações da cidade em:

  1. Belo Horizonte – Cultural.
  2. Belo Horizonte – Lugares para compras.
  3. Belo Horizonte – Mirantes.
  4. Belo Horizonte – Para lazer.

Não deixe de ler a parte NÃO DEIXE DE PROVAR … que esta no fim do post, e lá onde estão as delícias de Belo Horizonte.

Mapa com a localização das atrações deste post:

Vamos lá então…

1- Belo Horizonte Cultural.

Existem vários museus, praças e monumentos nas cidade, vou listar aqui os principais e mais procurados.

1.1- Complexo da Lagoa da Pampulha.

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha é mais um lugar no nosso país que leva assinatura do famoso arquiteto Oscar Niemeyer. Este complexo foi construído entre 1942 e 1944 sob encomenda do prefeito da época, nosso ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Este complexo em torno da lagoa artificial da Pampulha conta com: um antigo casino (hoje o Museu de Arte da Pampulha), uma igreja (São Francisco de Assis), a casa de baile, um clube, um hotel e a casa de JK.

Em 2013, este belo conjunto arquitetônico se candidatou ao título de Patrimônio Mundial da UNESCO, e em 17 de julho de 2016, recebeu o título e foi categorizado como uma Paisagem Cultural.

A orla da lagoa é muito usada pelos belo-horizontinos para praticarem execícios físico. São 18 km se pretende percorrer o total dela e é uma área sempre bem movimentada, com gente mostrando saúde o tempo todo.

Todas as atrações do complexo podem ser visitadas, mas vou focar aqui somente na principal e a que eu tive interesse de conhecer.

Igreja São Francisco de Assis

Horário de funcionamento: Terça a Sábado das 9h00 ás 17h00. Domingo das 11h00 ás 14h00.

OBS: A visitei no último dia que esteve aberta. Agora a igreja da Pampulha está fechada para reforma e a previsão de reabertura é somente novembro de 2019.

Entrada: R$ 3,00 / Criança, Idoso e estudante: R$ 2,00.   

Um pouco sobre a Igreja São Francisco de Assis …

Praticamente o símbolo de Belo Horizonte e igreja da Pampulha, como também é conhecia, foi erguida em 1945. Ela também é um projeto do Oscar Niemeyer, e na época foi considerada uma grande inovação arquitetônica. Em seu interior abriga uma rica Via-Sacra, composta por quatorze painéis de Cândido Portinari. Uma foto lá é obrigatória.

2.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: A bela Igreja vista por trás.

2.7- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Show de arte não só em seu formato.

2.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Principal ponto turístico do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que recentemente recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

2.0- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Pampulha por inteiro.

A visita interna na Igreja é bem simples e rápida. A decoração, as peças e pinturas são lindas, e como a porta é de vidro dá para ver lá  de fora mesmo, mas é tão baratinho que compensa entrar, pelo menos para estarmos ajudando na manutenção.

2.5- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Interior da Igreja – Havia tido um casamento no dia anterior.

2.6- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Gravura de Adão e Eva no paraíso.

3.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Boa pista para prática de exercícios físicos ao redor de toda a lagoa.

3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Daqui temos uma bela vista para o Mineirinho (onde ocorrem jogos de volei) e o Mineirão (o maior estádio de futebol mineiro).

Junto com a lagoa encaixa perfeitamente no seu roteiro conhecer o maior estádio de minas, para onde vamos agora.

1.2- Mineirão

Horário de funcionamento: Terça a sexta das 9h00 ás 17h00. Sábado e domingo das 9h00 ás 13h00.

Há tours guiados iniciando de hora em hora, mas recomendo reservar sua entrada com antecedência pelo site: Aqui.

Entrada: R$ 20,00 Inteira / R$ 10,00 Estudante.

Duração: 1h 30 minutos.

Um pouco sobre O Mineirão …

O Estádio Governador Magalhães Pinto, mais conhecido como Mineirão, é parte do conjunto arquitetônico da Pampulha. O estádio foi inaugurado em 1965 e é o quinto maior estádio do Brasil. Este estádio já chegou a sediar finais importantes como: Copa Libertadores, Copa Intercontinental e foi sede de jogos Copa do Mundo de 2014.

No ano de 2014 foi o primeiro estádio do país e o segundo do mundo a conquistar a categoria máxima de certificação ambiental Leadership in Energy and Environmental Design, concedida pelo Green Building Council Institute, mostrando seu ótimo alinhamento entre tecnologia e desenvolvimento sustentável.

Mas nem só de alegrias vive o Mineirão, lembra da nossa maior vergonha? O 7 x 1 da Alemanha na semifinal da copa? então, foi aqui…rs.

Cheguei ao Mineirão para conhecê-lo caminhando, logo após passar pela igreja da Pampulha. Fui na sorte, sem reservar nada, e por sorte também, quando cheguei estava saindo um tour e ainda tinha vaga, assim nem tive que esperar e fui direto para o passeio.

O tour é ótimo, excelente mesmo, super recomendo.

Como funciona o tour guiado?

O tour começa com o guia explicando a história e funcionamento do estádio e depois partimos para explorar cada cantinho deste palco de espetáculos futebolísticos.

Começamos o tour cruzando o estacionamento e depois vamos para o corredor onde chegam os jogadores. Sabe aquele lugar que passa na TV o ônibus parando e os jogadores descendo rapidamente e entrando no estádio? Então, é deste lugar que estou falando.

O primeiro lugar que paramos para conhecer no tour é a sala de aquecimento.

Aqui o nosso guia explica, que é a primeira parada dos jogadores, onde eles começam a se aquecerem para o jogo. Há bolas e duas pequenas traves, e depois das explicações eles nos deixam a vontade para praticar.

4.5- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Nosso guia explicando. Por sinal, é um excelente guia este cara.

Daqui partimos para o campo. Estamos fazendo o trajeto dos jogadores. Aprendemos em campo sobre as dimensões, capacidade do estádio, estrutura para funcionamento. Como separam as torcidas e toda a parte de inteligência que há por trás dos jogos. Tudo bem interessante.

4.6- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Lindo de ver a imensidão deste lugar. Queria um dia poder vê-lo lotado.

4.7- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Enorme e lindo, não?

4.7.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Nas arquibancadas do Mineirão.

4.8- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Daqui podemos fazer belas fotos do estádio.

Depois do campo, continuamos seguindo os passos dos jogadores e vamos direto para o vestiário. O vestiário tem uma mega estrutura, com sala de massagem, guarda roupas, que no dia de visita eles colocam as camisetas dos times. Além de chuveiros e áreas com várias banheiras. Passam bem os guris…

4.10- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Eu com a camisa do Atlético nos armários do vestiário.

4.11- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Ana com a camisa do cruzeiro, também nos armários do vestiário.

4.9- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Olha esta banheira!! 

5.6- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Os chuveiros para o banho após o jogo.

Após conhecer o vestiário ainda passamos na sala de imprensa, onde são dadas as entrevistas coletivas. Mais explicações e fotos também, não é?…

5.9- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Aqui ocorrem as entrevistas após os jogos.

Da sala de empresa ainda subimos na parte do camarote, de onde vemos o estádio por outro ângulo, passamos ainda na entrada para fotos com a Jabulane e o Fuleco  e estamos liberados do tour. São praticamente uma hora de tour, ou um pouco mais dependendo do grupo. Uma ótima experiência.

O tour guiado acabou, mas ainda tem mais…

Agora antes de ir embora podemos ir no museu do futebol, que é um acervo incrível que conta a história do Mineirão e dos nosso grandes jogadores brasileiros.

Museu do Futebol

No mínimo uma hora você pode ficar aqui, ainda mais se for apaixonado por futebol. Neste caso irá querer ficar ainda mais. Este museu está muito bem montado e pensado. Tem um acervo show de bola e ainda é bem didático, se for ler tudo, com certeza ficará mais de uma hora aqui. Gostei bastante dele.

5- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Início do museu – conhecendo ainda mais a história do Mineirão.

5.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Maquete do estádio.

5.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Estes cartões são os registros de todos os jogos do Mineirão, quando ainda não havia tecnologia. O próprio funcionário que os preenchiam estava lá nos recepcionando no museu e contava isso com o maior orgulho do mundo a cada pessoa que passava. Um senhor super simpático.

5.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Algumas das bolas que fizeram história por aqui, com registro do jogo e data.

5.4- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Uma sala com camisetas de vários times. Todas assinadas. No centro um mapa interativo, que fala sobre todos os times de futebol do estado e a história de cada um deles. Achei até Montes Claros aqui…rs.

5.5- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Estes sim seriam times dos sonhos. Pena que não dá para ler direito na foto, mas procure esta placa no museu.

Não existe a calçada da fama?? Aqui tem a parede da fama, podemos assim dizer. A parede com várias placas com os formato dos pés de jogadores que fizeram a nossa história do futebol.

5.7- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Eu com o pé do nosso rei…

5.8- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Pé do fenômeno… olha o tamanho…rs.

Agora chega de futebol e vamos conhecer a história de BH.

1.3 – Praça da Liberdade

Essa praça é outros dos cartões postais da cidade, criada entre os anos 1895 -1897, a Praça da Liberdade é ainda um lugar marcado por histórias de Minas Gerais. Esta praça fica na Savassi, no encontro de quatro grandes avenidas: Cristóvão Colombo, João Pinheiro, Brasil e Bias Fortes.

Construída para abrigar a sede do poder mineiro a arquitetura daqui obedece a tendência da época e ao longo dos anos, a região foi recebendo ainda outras construções e acabou se transformando em um complexo, conhecido como circuito da liberdade.

9.4- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Corredor de palmeiras na praça da liberdade com o Palácio do Governo ao fundo.

9.4.1.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Caminhar por aqui é um belo passeio. A praça que é palco de vários protestos é linda.

9.4.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Chafariz na praça da liberdade.

9.4.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Lago artificial na praça da liberdade.

Hoje o circuito da liberdade é um dos maiores corredores culturais do nosso país. Em volta da praça há vários museus, bibliotecas e centros culturais. Todos instalados nos seus prédios históricos. Estes lugares reúnem juntos um vasto acervo histórico e cultural do estado e que merecem muito ser conhecidos.

As principais atrações do complexo, todas ao redor da praça, são: O planetário, a biblioteca pública, Casa Fiat de Cultura, Centro Cultural Banco do Brasil, Centro de Arte popular Cemig, Espaço do conhecimento UFMG, Memorial Minas Gerais Vale, MM Gerdau, Museu de Minas e do Metal e palácio da liberdade.

9- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Palácio do Governo ou Palácio da liberdade.

9.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Aqui tem um centro de informações sobre o complexo da liberdade.

9.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Museu da Minas de do Metal – Dizem ser bem interessante, mas eu não tive tempo de conhecê-lo. Ficou para uma próxima.

Como podem perceber são várias as atrações, e no dia escolhi duas para conhecer, o que ocupou meu tempo uma manhã toda.

Centro Cultural Banco do Brasil

Horário de funcionamento: De domingo a segunda das 9h00 ás 21h00.

Entrada: Gratuita.

Duração: 1/2 a 1 hora.

Em pouco sobre o Centro Cultural Banco do Brasil…

Este é um espaço administrado pelo BB que está em constante mudanças, sempre trazendo temas novos para serem expostos. Quando fui o tema era Ex Africa. Geralmente é um passeio rápido e interessante.

6.0- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Há entrada pela frente da praça, mas na entrada lateral é onde você emite seu bilhete gratuito.

6- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Algumas peças da exposição EX AFRICA que foi a que eu visitei.

6.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Alguns objetos e panfletos da triste época da escravidão.

6.9- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Uma arte muito louca que há por aqui…rs.

Vale ressaltar que dentro do prédio há um pequeno café e restaurante, e há também bebedouros com água.

Memorial Minas Gerais Vale

Horário de funcionamento: Terça, quarta, sexta e sábado: Das 10h00 ás 17h30. Quinta das 10h00 ás 21h30. Domingos: das 10h00 ás 15h30.

Visitas guiadas devem ser agendadas -> www.memorialvale.com.br

Entrada: Grátis.

Duração: Mínimo 1 hora, mas para conhecer bem e curtir a história recomendo ficar por lá uma manhã toda.

Um pouco sobre o Memorial Minas Gerais Vale…

Este é um museu criado em parceria da Vale com o governo do estado. Aqui você conhece a alma e as tradições de minas contada de uma forma muito original e interativa. Este realmente é um excelente museu e vale muito a pena conhecer. Você sairá daqui entendendo ainda mais este belo estado.

9.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Entrada do museu.

O memorial instiga o turista a descobrir as histórias e costumes de minas do século 18 ao atual. Há 31 salas, com muito acervo e tecnologia. São 3 pavimentos, e não há sequência para percorrê-los.

No inicio, quando deixamos as bolsas e mochilas nos guarda volumes você ganha um mapa excelente, que te serve de guia. Não deixe de conhecer este museu, ele é muuuito bom, bom mesmo.

9.2.1-- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Olha o mapão de Minas com seus 853 municípios. E eu querendo achar Montes Claros e Belo Horizonte ala… rs.

9.2.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: A história aqui é contada de um modo dinâmico e irreverente.

9.2.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Esta sala mostra a vida na roça do povo mineiro.

9.2.4- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Uma maquete linda de Vila Rica, a atual cidade de Ouro Preto.

Esta foi a sala que mais gostei. Haviam vários quadros, que na verdade eram videos de personagens da inconfidência mineira. Os atores iam contando a história e se interagindo um com o outro. Uma maneira muito legal de aprender sobre a Inconfidência. Foi a sala que mais gostei e que passei mais tempo.

9.2.5- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Assistindo o show.

1.4- Sabará

Sabará é uma pequena cidade na região metropolitana de Belo horizonte, há aproximadamente 20 km do centro, portanto um lugar perfeito para um bate e volta. Esta cidade faz parte das cidades históricas de Minas e tem uma enorme riqueza cultural para o estado.

Conhecer a cidade é como voltar no tempo, assim como uma visita a Ouro Preto. Ela merecia um post só para ela, e ainda terá quando eu voltar, pois quando há conheci não deu para ir nas atrações históricas da cidade.

Esta pequena cidade é também muito conhecida pelo cultivo da Jabuticaba, e aqui você encontra de tudo feito com esta fruta brasileiríssima: Geleia, Sorvete, Tortas, Mostarda, Vinho, Amarula de Jabuticaba e até tortas de frango e linguiça com mandioca e jabuticaba.

Em novembro acontece este grande festival da Jabuticaba e dei a sorte de passar por lá bem neste dia. Não conheci direito Sabará, mas o festival valeu demais… muitos sabores novos.

13- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Alguns dos produtos – Você pode encontrar alguns deles no mercado de central de BH, mas lógico a preços mais salgados.

IMG_8503

Foto: Molhos e até mostrada de Jabuticaba – Detalhes, eram deliciosos. Dá para degustar tudo.

IMG_8506

Foto: Não deixe de se refrescar com o sorvete de Jabuticaba – é ótimo.

IMG_8509

Foto: um pouquinho do festival.

2- Lugares para comprar

Uma cidade do porte de Belo Horizonte, shoppings são o que não faltam. Vou citar aqui apenas 3 lugares que encaixam em vários bolsos e estilos.

2.1- Pátio Savassi

Apesar de BH ter vários shoppings centers este é o que esta localizado no bairro mais turístico da cidade, a Savassi. Neste shopping já encontramos mais coisas de marca, boas lojas e restaurantes, e até um Outback, uma franquia australiana que eu adoro. Gente bonita e coisa de qualidade é aqui.

2.2- Feira Hippie da Avenida Afonso Pena.

Horário de funcionamento: Domingos das 7h00 ás 14h00.

Esta enorme Feira de Artes e Artesanato acontece desde 1969 todos os domingos em uma das avenidas mais movimentadas da cidade, a Afonso Pena, e é popularmente conhecida como Feira Hippie.

Esta feira conta hoje com cerca de 2.500 barracas que vendem as mais diversas mercadorias e tudo a preços muito bons. Encontramos aqui: artes, artesanatos, bijouterias, brinquedos, bolsas, calçados, móveis, roupas e até comida de rua, como: acarajés, churrasquinhos, milho, caldos e salgados.

Dica: Os bons produtos acabam rápido. Se este for seu foco na viagem chegue lá cedo, ás 7h00.

15- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Os produtos aqui são super baratos. A mulherada fica doida…rs.

15.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Não sei falar quantos metros tomam a avenida com barracas, mas é enorme esta feira.

15.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Realmente vale a pena conhecer.

2.3- Shopping Oiapoque

Horário de funcionamento: De segunda a Sábado: Das 9h00 ás 19h00. Domingo das 9h00 ás 15h00.

Este é um shopping que você encontra de tudo a preços populares. Não cheguei a conhecê-lo ainda, mas pelo que entendi seria a 25 de Março (São Paulo) de Belo Horizonte. As vezes, com tempo e necessidade de compras, vale uma passadinha por lá.

2.4- Mercado Central de BH

Horário de funcionamento: De segunda a sábado: 7h00 ás 18h00. Domingo e feriados das 7h00 ás 13h00.

Entrada: Franca – Só paga estacionamento se estiver de carro ( R$ 12,00 /h). Os estacionamentos nas laterais do parque são quase o mesmo preço e mais fáceis de estacionar. Levei 15 minutos em um domingo para parar meu carro lá.

Um pouco sobre o Mercado Central…

Segundo o site do próprio mercado, a história é a seguinte: “Belo Horizonte tinha apenas 31 anos quando um prefeito empreendedor resolveu reunir, em um só local, os produtos destinados ao abastecimento dos 47.000 habitantes da jovem cidade. Foi assim que o Mercado Central nasceu, no dia 7 de setembro de 1929: unindo as feiras da Praça da Estação e da praça da atual rodoviária. Aqui reuniu todos os feirantes, centralizando o abastecimento da população”.

7- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Uma das entradas do Mercadão.

Hoje são mais de 400 lojas e o Mercado Central se tornou um dos pontos comerciais e turísticos mais procurados da cidade, reunindo uma mistura de compras, cultura e lazer para quem percorre seus corredores. Aqui é o melhor lugar para entender Minas e encontrar os melhores produtos em relação a: queijos, doces artesanais, artesanato, ervas, raízes, artigos religiosos entre outros.

Este pra mim é o melhor lugar para turistar de BH, saímos daqui realmente vendo Minas com seus cheiros e sabores. Além de compras diversas, aqui também é o lugar de adquirir as guloseimas mineira de lembrança aos amigos.

O que não deixar de comprar, provar…

Queijos: Requeijão de raspa de tacho e Queijo Serro da Estrela.

7.10- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Variedades enormes de queijo na loja Roça Capital.

7.11- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Em alguns lugares você pode degustar.

7.7- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Queijos de Serro e da Serra da Canastra também são muito bons e famosos.

Doces: Doce de abórora com coco em barra, goiabada cascão, doce de nata com café, brigadeiro de milho ( A maioria destes produtos estão na Loja Roça Capital).

Doce de leite: O que mais gosto e o mais famoso é o Viçosa.

7.8- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Este Viçosa é o melhor doce de leite de Minas pra mim.

Cachaça: Cachaças de Salinas – São as melhores e mais famosas de Minas.

7.9- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Além das tradicionais, aqui você encontra tudo quanto é tipo de cachaça. Até as de jabuticaba de Sabará você pode encontrar aqui.

Todos estes produtos são muuuuito bons, pode confiar.

Não deixe de almoçar um dia no mercadão. Os restaurantes são ótimos e a comida vou deixar as fotos no fim de post falar por mim.

7.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Restaurante Casa Cheia um dos mais famosos do mercado e onde recomendo você almoçar.

3- Mirantes

Vou citar três lugares de onde é possível ver BH do alto. Não precisa necessariamente ir nos três, mas todos são interessantes e colados um no outro. Vou escrever na ordem que eu priorizaria, ok?

3.1- Mirante do Mangabeiras.

Horário de funcionamento: Terça a domingo das 9h00 ás 17h00.

Entrada: Gratuita.

Este para mim, é o melhor dos mirantes, relativamente novo e bem próximo a Praça do Papa. Aqui é possível ter uma vista de BH do alto incrível. Não há estacionamento, o carro fica na rua.

10.0- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Entrada do Mirante.

10.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Admirando o mirante.

10.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: A melhor vista de BH é aqui.

3.2- Praça do Papa.

Horário de funcionamento: É uma área aberta, portanto pode ser visitada a qualquer hora.

Entrada: Por ser uma praça, não pagamos taxas para ter acesso.

Um pouco sobre a praça do papa…

Esta praça na verdade chama Israel Pinheiro e fica no alto das Mangabeiras. Ela recebeu este nome após receber uma missa campal em 1980. Dizem que após esta missa o Papa João Paulo II, diante da paisagem disse: “Que belo horizonte!”.

E realmente esta praça é linda. Cercada pela Serra do Curral, a praça é um belo lugar para passear e apreciar a vista panorâmica da cidade.

Dica de Ouro: Não vi, mas dizem que a vista aqui a noite é show!

12- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Os monumentos erguidos após a famosa Missa aqui celebrada.

12.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Daqui também temos uma bela vista da capital mineira.

3.3- Parque Municipal das Mangabeiras.

Horário de funcionamento: Terça, domingo e feriados das 8h00 às 17h00.

Entrada: Somente estacionamento R$ 3,00.

Um pouco sobre o parque das Mangabeiras…

Esta é uma área verde nas bordas da Serra do Curral e por isso é o maior e mais belo parque da cidade. Tem um lindo projeto paisagístico e são mais de 2,3 milhões de m² de matas nativas, onde é possível fazer trilhas no meio da mata e dos animais silvestres que aqui vivem. Aqui ainda tem uma ótima infraestrutura com quiosques, quadras poliesportivas, brinquedos para crianças e arenas para shows e teatros. É muito usado por famílias belo-horizontinas.

Para quem quer se aventurar há estas três trilhas, o Roteiro da Mata que eu já fiz. Nesta trilha também chegamos a outro mirante de onde é possível ver a cidade. As trilhas são bem estruturadas todas em pedras, a única dificuldade é que são subida em parte do caminho, mas são bem tranquilhas e curtas.

Caso não for fazer trilhas aqui é um passeio rápido.

11.0.0- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Entrada do parque sinalizando as três possibilidades de trilhas.

11- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Temos aqui uma ótima infraestrutura com barracas de sorvete, açai, água de coco, pipoca… ótmo lugar para quem tem criança.

11.0- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Belas paisagens com a Serra do Curral de plano de fundo.

11.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: As trilhas são a maior parte do tempo na sombra e há vários pontos de paradas que são ótimos para piqueniques.

4- Lazer

4.1- Savassi.

Toda cidade tem seu lugar mais turístico não é? E em Belo Horizonte essa região é a Savassi. A Savassi é um bairro de classe alta na região sul da cidade, e também é aqui que estão a maior parte dos botecos, hotéis e alguns pontos turísticos da cidade.

8- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: O melhor pão de queijo da cidade também esta aqui – A pão de queijaria.

4.2- Cervejarias.

Belo Horizonte está se tornando referência em cervejarias artesanais. Há duas delas que são ótimas e eu recomendo. A Backer fica um pouco mais afastada do centro, mas é ótima, e agendando você pode fazer um tour guiado e entender tudo da fabricação.

17- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Esta é uma das boas cervejarias mineira e há um pub dela na Savassi.

14- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Esta é a backer, minha preferida de Minas. Este bar é ótimo, só que fica um pouco mais afastado em Olhos d´água.

14.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Bons momentos com amigo aqui.

4.3- Avenida Alberto Cintra.

Esta é uma avenida muito popular entre os belo-horizontinos. São vários bares, um ao lado do outro, onde as pessoas costumam ficar botecando por horas. Aqui os preços são mais em conta e você sentirá mais próximo dos moradores da cidade, por ser menos turística. Principalmente em dias de jogos costuma ficar bem cheio. Musica boa, cerveja gelada gastando pouco é aqui mesmo. Um lugar ótimo para passar bons momentos entre amigos.

19- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Aqui você pode comer o pastelzinho de Angu – muito popular na região de Conceição do Mato Dentro, outra cidade turística de Minas.

E DAÍ, QUANTO FICOU A BRINCADEIRA??

Orçamento para o dia: R$ 285,50 / dia / pessoas – Esta estimativa é para uma viagem de 3 dias com: hospedagem em hostel e deslocamento de carro de uma cidade de 480 km de distância de BH em duas pessoas. Incluindo todos os gastos do roteiro acima.

Os principais gastos para planejar o seu orçamento são:

  • 3 diárias no Wallys: R$ 285,00.
  • Entradas: R$ 3,00 Pampulha + R$ 20,00 Tour no Mineirão.
  • Estacionamentos por horas: R$ 10,00 Avenida Afonso Pena + R$ 12,00 – Mercado Central + R$ 3,00 Estacionamento mangabeiras – Pagamento único.
  • Principais Produtos do Mercado: R$ 35,00 Queijo Serro da Estrela e R$ 23,90 Doce de leite Viçosa.
  • Almoço Mercadão:  R$ 27,90 pratos individuais no casa cheia + 24,90 As famosas almôndegas do casa cheia.
  • Pão de Queijaria: R$ R$ 28,00 um pão de queijo com acompanhamento.
  • Cervejas na Backer: De 13 a 17,50 a garrafa.

NÃO POSSO DEIXAR DE PROVAR…

Agora vamos ao que interessa – o melhor de Minas: A comida e bebida.

Capital dos botecos, vou começar pelas cervejas. Ok? Bora lá…

1- Cervejarias.

Como eu disse, BH esta se tornando referência em cervejarias artesanais e o número delas só crescem. Entre elas tem duas que são bem famosas, e as que mais gosto, e em Belo horizonte você pode ir em seus bares.

Pra mim a melhor de Minas é a Backer, aconselho: Backer Weiss de Trigo e a Capitão Senra. Se preferir, pode pedir a régua de degustação para você experimentar vários sabores para se decidir.

14.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: A régua apresentando vários sabores.

14.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: A cerveja de trigo – Minha preferida.

Cervejaria Wals: Na Savassi.

Também uma ótima cervejaria, mas mais cara que a Backer, mas as cervejas são ótimas também.

17.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Recomendo esta – Hop Corn.

2- Almoço no Mercado Central

Em hipótese alguma deixe de comer no mercadão, eu comi no restaurante Casa Cheia, e foi excelente. Este restaurante fica no segundo andar. Não deixe de provar as almôndegas exóticas, com carne de sol, recheadas com queijo e acompanhadas de creme de abóbora com manjericão. 7.2.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Olhas as almôndegas ai. Água na boca, não?

7.2,1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Mexidão – Estava muuuuuito bom – Um dos pratos mais pedidos.

7.2.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

 Foto: Porconóbis de sabugosa – também muito bom – e também um dos pratos mais pedidos.

3- Pão de Queijo.

O melhor pão de queijo da cidade fica neste lugar: A pão de Queijaria, na Savassi. São caros, mas vale.

8.2- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: R$ 28,00 um pão de queijo (Costelinha de porco+ bacon+ crispi de couve) com um acompanhamento a sua escolha que pode ser : Batata frita, polenta frita ou salada. Você fica satisfeito com um.

8.1- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Este com costela estava… nem palavras tenho.

8.3- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Ainda de sobremesa você tem pão de queijo com doce de leite viçosa, ou se preferir um sorvete de queijo.

4- CONFEITARIA MOMO.

Esta é uma confeitaria bem tradicional na cidade, e para quem gosta de doces pode se deliciar nela. Tem em vários lugares da cidade.

16- Quero Mochilar Belo Horizonte

Foto: Torta de limão.

LIÇÕES APRENDIDAS.

1- Importante: não comece, nem termine suas 48 Horas em Belo Horizonte numa segunda-feira. Nestes dias boa parte dos museus, e até alguns espaços públicos, estão fechadas para o público.

2- Cidade administrativa: A cidade Administrativa está no caminho do aeroporto de Confins – fique atento. É uma construção bem bonita que chama a atenção.

3- Quando estiver na Praça do Papa, aproveite para passar na folclórica “Rua do Amendoim”. Qualquer belo-horizontino irá dizer que é só desligar o carro e tirar o pé do breque para o veículo começar a subir a ladeira.

4- Há centros de informações turísticas no mercadão e na praça da liberdade.

5- Logo abaixo esta um resumo para um roteiro de 2 dias pela cidade.

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS.

Fuso Horário: Horário de Brasília.

Língua : Português.

Moeda: Real (R$)

Voltagem: 110 V.

A VIAGEM CONTINUA…

Recomendo na região: Cidades próximas que pode conhecer se tiver mais dias.

Próximo Relato: Gruta Rei do Mato – Sete Lagoas (Dezembro/2017).

RESUMÃO QUERO MOCHILAR EM PDF – Roteiro 2 dias:  Resumão_QM_BH.

Gostou? Compartilhe! Tem alguma sugestão ou atualização de informação? Enriqueça a pesquisa de seus amigos nos comentários. Além de ajudar o próximo viajante é super importante a opinião de vocês para o blog.

QUEM PODE TE AJUDAR?

18- Quero Mochilar Belo Horizonte

Este post foi possível com o apoio do

 Wally´s House Hostel

Conheça o novo hostel da cidade no seu site Oficial

www.wallyshousehostel.com

Contatos

wallyshousehostel@hotmail.com

(31) 3245-4340 / (31) 99435-7328

Falar com Andressa.

 

Vai viajar? Planeje toda sua viagem com o Quero Mochilar!

O Quero Mochilar tem te ajudado com dicas e roteiros para o seu planejamento? Então que tal nos ajudar sem pagar nada a mais por isso, simplesmente fechando sua viagem com os serviços oferecidos pelas parceiras do Blog.

GARANTA AQUI

SEGURO VIAGEM – HOSPEDAGEM – ALUGUEL DE CARRO – TOURS – PASSAGENS AÉREAS – RESERVAS

Além de garantir sua programação com segurança, você estará ajudando a manter o site no ar cheio de dicas para você, sem gastar nada a mais por isso.

 

 

 

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estesHTMLtags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Language »