Ciudad del Este – Paraguay

INFORMAÇÕES DE: Maio de 2014.

ROTEIRO PARA: 1/2 dia.

TIPO DE VIAGEM:  Viagem em feriado prolongado.

HOSPEDAGEM: Em casa de amigo.

O recomendado é ficar em Foz do Iguaçu, cidade que faz divisa com o Paraguay, que por ser muito turística é bem servida em hoteis.

Aproveite e reserve seu hotel aqui no booking.com com o Quero Mochilar, você não paga nada a mais por isso e ajuda a manter o blog no ar.

SOBRE CIUDAD DEL ESTE

Ciudad del Este é o destino de compra preferido dos brasileiros, é só o dólar baixar que corremos para lá para escaparmos dos altos impostos que caem sobre os nossos produtos.

Esta cidade, de aproximadamente 387 mil habitante, segunda maior do Paraguay, esta localizada no extremo leste do país, às margens do rio Paraná e a 327 quilômetros da capital,  Assunção.

Localizada em um ponto estratégico, esta cidade faz parte de um triângulo internacional conhecido na região como Tríplice Fronteira, que envolve além do Paraguay a cidade de Foz do Iguaçu – Brasil e Puerto Iguazú, na Argentina. Estas três cidades estão separadas pelos rios Paraná e Iguaçu.

Importante para economia paraguaia, Ciudad del Este é responsável por 10% do produto interno bruto do país e ainda é a terceira maior zona franca de comércio do mundo atrás somente de Miami e Hong Kong.

Quero Mochilar Paragauy 7

Fuso Horário: -1h (horário de Brasília)

Como chegar?

A melhor maneira de chegar é atravessando a Ponte da Amizade, a pé ou de carro a partir de Foz do Iguaçu.

Quando ir?

As estações do ano em Ciudad del Este são as mesmas do Brasil, e como aqui o turismo é para compras, o ideal é correr para lá na baixa do dólar, sendo que temperatura e clima não influenciarão muito na sua escolha.

Segurança.

O principal problema aqui são os batedores de carteira. É recomendado sempre estar acompanhado e estar bem atento nos lugares mais tumultuados, recomenda-se também evitar o final do dia, após as 17h30min.

Um lugar de fronteira como este é porta de entrada de tudo, então não se assuste se te oferecerem drogas, e fique alerta que sempre terá alguém de olho em você.

Você deve ter uma atenção especial também ao atravessar as ruas, principalmente a avenida San Blás, a que dá acesso a ponte da amizade, que é um caos.

Comunicação

A língua oficial do país é o espanhol, mas todo mundo fala portunhol fluente… rs! Não se preocupe!!!

Visto e Vacinas.

Não há nenhum tipo de exigência para entrar no país, que assim como o Brasil pertence ao Mercosul. Para a travessia é importante estas portando um dos documentos (originais):
– Passaporte; ou
– Cédula de Identidade Civil (RG)

Atenção: CNH não vale, e pode dar problema.

Moeda.

A moeda oficial é o Guarani Paraguaio.

1 PYG – R$ 0,0006 reais.

R$ 1,00 – 1.685,83 PYG.

ROTEIRO

Planejamento

“Ahh Ciudad del Este! O sonho pobre de todo brasileiro” … rs.

Roteiro de ambulantes do Brasil todo, Ciudad del Este é o sonho de consumo de todo brasileiro classe média, e caso este seja seu caso e esteja indo para lá somente para comprar alguns produtos específicos mais em conta, a dica de ouro para poupar seu tempo é planejamento, pois dá vontade de comprar muito, e para não se perder o foco no que realmente quer, planeje!

Pesquise as lojas com antecedência e vá diretamente nelas, hoje com o aceso fácil a internet está fácil de planejar uma visita pesquisando preços com antecedência.

Recomendo pesquisar no site http://www.comprasnoparaguay.com.br, onde você já vai comparar preços e encontrar o lugar mais barato para não perder tempo andando de um lado para outro.

Caso vá de carro há muitos estacionamentos do lado de Foz do Iguaçu, e se você quer algo rápido e não se importa de caminhar um pouco melhor parar o carro do lado brasileiro, pois pode haver congestionamentos na ponte em horário de pico, caso decida ir de carro vai levar um tempão a mais nas compras.

Há vários estacionamentos cobertos no lado de Foz perto da aduana, na Av. Beira e na Rua Oswaldo Cruz, a maioria trabalha com taxa diária e funciona de segunda à sábado até o encerramento das lojas da  Ciudad del Este (5:00h as 18:00h).

Os valores das diárias ficam na faixa de : R$21,00 (carro) e R$30,00 (vans e caminhonetes).

Vale a pena entrar com carro somente quando deseja comprar algo grande ou muito volume que fica difícil transportar a pé.

Do outro lado (o paraguaio), também há vários estacionamentos, inclusive nos shoppings, mas cuidado o transito é uma loucura lá e a fila pra voltar pode ser longa.

No meu roteiro, fui de carro até Foz e de lá atravessei a Ponte da Amizade a pé, caso, opte por atravessar a ponte da amizade vá preparado para andar.

A Ponte Internacional da Amizade (1950-1960), cruza o rio Paraná, ligando as cidades de fronteira de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, são 552 metros de extensão que ligam um país ao outro.

Com nossos documentos em mãos, começamos a aventura de cruzar a ponte, já no início temos uma amostra do que encontraremos na Ciudad del Este, pois todos aqui estão com pressa e passam voando e trombando por você.

Quero Mochilar paraguay

Foto: Vista da Ponte da Amizade para ilha Acaray – Direita Brasil, esquerda – Paraguay.

Quero Mochilar Pragauy 2

Foto: Acaray ao funfo e nós no único pequeno espaço vazio da ponte, e só nós querendo fotos daqui também…rs.

Cruzamos a ponte seguindo a correria e sem nenhum problema, e chegando no Paraguay já começou a doideira, logo já fomos abordado e nos ofereceram drogas, claro que assustamos e recusamos. Rápido também começou o assédio dos vendedores, mas nesta hora ainda estávamos educados com eles, coisa que não durou muito.

Quero Mochilar Paragauy 7

Foto: A aduana logo a frente vista do lado paraguaio. Observem a fila de carros para voltar ao Brasil.

Como já estava com o que queria em mente corri direto para comprar minha companheira de viagens Canon t3i, máquina fotográfica excelente e que me acompanha em todos os lugares, pesquisei com antecedência em sites e fui diretamente na loja e acabei fechando com um preço em torno de R$ 700 a menos que no Brasil.

Comprei na Monte Carlo e o preço estava tão bom na época que não quis nem pechinchar, minha amiga tentou, ainda interrompi com medo de perder a compra…kkkkkk (sem lógica, né? Ela ficou inconformada… kkk).

Comprei ainda perfumes como Polo Blue, a R$120,00 e não eram falsificado, e mais algumas bobeira, e foi uma manhã bem interessante apesar de corrida…rs

Eu sempre me divirto e acho o máximo está loucura de fronteira com muita gente comprando, transito caótico, buzinas e muito barulho, isso tudo faz com que assustamos no começo, mas logo nos adaptamos e nos pegamos correndo para atravessar a rua ou desviar dos ambulantes pentelhos, o que já é sinal de que estamos ambientados.. rs.

Quero Mochilar Paraguay 4

Foto: Trânsito lotado e sem regras.

Quero Mochilar Paraguay 3

Foto: Avenida San Blás – Muito movimento.

O comércio em geral funciona das 7h às 17h, mas existe uma infinidade de ambulantes nas calçadas, e haja paciência viu!!! Eles não te deixam em paz, mas não dê “trela” e seja sem educação mesmo, senão não te largam… e cuidado com este tipo de compra, pois aqui são ondem acontecem a maior parte das compras de “gato por lebre”.

Quero Mochilar Paraguay 5

Foto: Bolsas Louis vuitton – Entreguei onde Ana comprou a dela…kkkk.

Quero Mochilar Paraguay 6

Foto: Ao fundo as bandeiras paraguaias e a bebida que vende por lá no carrinho, todo mundo bebe no mesmo copo… eca…rs.

Dicas de lojas para facilitar sua compra:

  • MONALISA (Laranja): Grande loja de departamento (roupas, perfumes, cosméticos, eletrônicos, etc.), aqui é onde você encontrará boa qualidade e fará uma compra confiável, mas seus preços são um pouco mais salgado que as outras lojas.
  • Shopping Hill,SAX e Shopping China (Roxos): Cremes e perfumes.
  • Monte Carlo (Azul) : Eletrônicos e foto-filmagem, uma loja recomendada – Onde comprei minha máquina.
  • Há ainda para eletrônicos a Nissei,Nave ShopMega Eletrônicos e Grupo BO (Azul).
  • Nova Advance: Ideal para informática, tablets e celulares.
  • Pirâmide (Verde): Caça e pesca, GPS, etc.

Mapa de localização das lojas para seu planejamento:

Terminada as compras temos que passar pela aduana novamente e se passamos do limite bate aquele medo de perder tudo, e agora??

É comum gastarem mais de $300,00 (dólares americanos) e muitos passam sem declarar tranquilamente no regresso. Estas pessoas assumem o risco, pois se forem pegas sem o devido formulário preenchido, bye bye produtos… e não adianta chorar.

Por isso mesmo seguem algumas informações importantes para entender do processo de entrada com produtos paraguaios no país:

Recomendações para compras.

A cota de gastos é de U$ 300 – Utilizáveis a cada 30 (trinta) dias, sendo esta cota pessoal e intransferível.

Recomendado: Para produtos que tenham valor superior à cota, é necessário providenciar o pagamento do imposto que é de 50% (cinquenta por cento) calculado sobre o valor que exceder o limite de isenção.

Nesta situação, ao retornar você deverá preencher na aduana o formulário de Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA), dos bens que excederem os limites de isenção, especificando dados pessoais e assinando o documento.

Formulário DBA: www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/Viajantes/DBA.htm

Espero ter ajudado… Boa sorte e aproveite!!

Daqui segui para as cataratas, e deu para fazer tudo isso em um único dia.

A viagem continua…

Relato Anterior: Foz do Iguaçu – PR.

Próximo Relato: Puerto Iguazu – Argentina – Até 24/06/2017.

Newsletter: Assine nossa newsletter na caixinha ai ao lado, assim você receberá notificação em primeira mão de todos os posts publicados pelo Quero Mochilar, e ainda terá acesso a cupons de desconto para nossos produtos.

LIÇÕES APRENDIDAS:

1- Quem quer mais que compra em Ciudad del Este:

– A 20 km ao norte, em Hernandarias, se encontra a represa de Itaipú, que pode ser contemplada pelo lado paraguaio.

– A 8 km ao sul, se encontram os Saltos del Monday.

– A 26 km ao sul, está localizado o Monumento Científico Moisés Bertoni.

– Vários Cassinos.

– Ainda tem na cidade: O parque de Acaray, o lago de la República (centro da cidade), a Catedral de San Blás e o Museu “El Mensú”.

2-  Vá com mais de um tipo de moeda se for possível, e pague conforme a conversão, algumas lojas aceitam real, mas o mais aceito mesmo aqui é o dólar americano. Muitas lojas aceitam cartão, mas fique atento que vai pagar IOF.

3- Cada loja tem sua própria cotação, é bom verificar e analisar antes de gastar seu dinheiro.

4- Há casos de lojas que cobram acréscimo de 10% para pagamento no cartão e só avisam no ato do pagamento. Pergunte sempre antes.

5- Vá com calçado e roupa confortável, você ira andar bastante.

6- Maneira econômica de ir partindo de Foz: Há um ônibus que parte da Rodoviária de Foz que custa em torno de custa R$ 5 até a rodoviária de Ciudad del Este. Há várias saídas diárias e ele passa pela avenida principal do comércio, sendo possível desembarcar.

QUEM PODE TE AJUDAR?

Para mais informações sobre compras recomendo dar uma olhada no site: www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/Viajantes/Default.htm

  1. Deve ser uma loucura ciudad del este, imagino um big saara ou uma 25 de março maior, mas tudo é experiência e no final, os preços valem a pena hahaha

  2. Excelente post Marthon. Quando fomos em Foz, optamos por não ir a Ciudad del Este por algumas questões, mas lendo seu post algumas dúvidas e apreensões foram sanadas, sem contar que as dicas e lições estão super bem explicadas. Obrigado por compartilhar!

  3. Parguay é bom pra fazer comprassss ! hahaha
    Sou de Campo Grande e lá é fronteira com Paraguay, já fomos muitooo aproveitar por la! 😀

  4. Paraguai deve ser uma loucura só igual a 25 de março em São Paulo rsrs, tenho muita vontade de ir para comprar muambas e ao mesmo tempo receio, muito boa as dicas das cotas e dos impostas aos valores excedente.

  5. Jorginho says:

    Muita gente não, mas eu tenho vontade de conhercer e aproveitar para fazer umas comprinhas ne..rs. vou tentar ne organizar para ir seguindo suas dicas e me hospedar em Foz

  6. Ciudad del este é uma loucura de cidade! hahaha… carros por todo canto, bicicletas e pessoas, tudo misturado. Estive por lá durante um feriadão no Brasil, quando estive em Foz, e a cidade estava lotaaada! Até que consegui comprar uma muambas boas. Bons tempos de dólar a 2,06 hahahahahaha

  7. Não parei em CDE, apenas passei por ela no caminho para Assunção. Só pelo que vi já achei a cidade um caos! Tem que ir sabendo mesmo em que lojas entrar, ótimo vocês terem indicado!!

  8. Adoooooro seus posts detalhadíisimos! Acho um luxo a maneira como você escreve. Parabéns mais uma vez!
    Sou para conhecer, acho inevitável essa esticadinha, por mais que tenha perrengues!

  9. Vania de jesus says:

    Eu ja fui em ciudad da leste é uma 25 de março, so ter um pouco de cuidado como foi relatado no post, muita lojinha de roupas baratas, fiz a atravessia a pé na ponte, da um medinho ,muito alto, e a da ponte largura é bem pequena, mas é bem legal .recomendo dá um pulinho lá to pensando em ir de novo.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estesHTMLtags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Language »