A FALSA TURISTA E POLICIAL:Principalmente em La Paz estava sendo aplicado um golpe nos turistas da seguinte forma: Uma falsa turista aproxima de você e pede pra fotografá-lo já puxando assunto, um tempo depois um falso policial abordam os dois alegando que estão passando dinheiro falso na região a qual estão, e que precisam conduzi-los até a delegacia, então pedem que entrem em um veículo. No veículo solicitam sua bolsa/ carteira, roubam seu dinheiro e depois a liberam, já sem um tostão.
Recomendação: as autoridades dizem se ocorrer isso, não entrarem em veículo não oficial da polícia e procurar identificar guardas oficiais nos locais para avisá-los.

GOLPE DE TAXISTAS: Sempre que chegamos ao nosso destino, nossa primeira providência é pegar um táxi, mas fique atento ao novo golpe que esta acontecendo no Peru.
Ao mostrar o endereço do seu destino, mesmo que tenha reserva, o taxista insiste em informar que o lugar que você reservou não esta funcionando, alegando estar fechado para obras, recesso, fechou de vez, ou outros motivos, e assim insistem em levá-los em outro endereço, geralmente lugares onde ganham comissão. Em alguns casos levam direto a outro endereço dizendo que simplesmente que errou.
A recomendação é que se perceber que esta ocorrendo isso com você, insistam em querer ir ao endereço do local reservado, caso contrário troque de taxista, anote os dados e informem as autoridades.
Há notícias que este golpe esta sendo aplicado em vários outros países.

GOLPE DE TAXISTAS: Em La Paz no desembarque do aeroporto, já somos abordados por Taxistas, e mesmo combinando o preço tomem cuidado.
Aconteceu comigo de mostrar o endereço e combinar o valor de 60 bolivianos até a região central, depois de tudo combinado entrei no táxi e quando falei o número da localização já no meio do caminho, ele disse que este endereço eram 75 bolivianos, sendo que eu já tinha dito o nome da rua e do hotel para combinar o preço, só faltou o número. Então muita atenção com a combinação de preço com Taxistas, Taxi na Bolívia é barato, e não tem taxímetro, e com turistas sempre tentam tirar proveito. Se possível, anote o endereço escrito, e faça ele escrever o valor embaixo, para evitar desentendimento.

GOLPE DE TAXISTAS: Também aconteceu comigo na Argentina, e só depois descobri que era um golpe. Quando fui pagar a corrida, dei uma nota de 100 pesos a mais alta, então o taxista virou para mim e disse que a nota estava rasgada e se eu não tinha outra, então peguei a nota que ele me deu, e dei outra, e só então ele me devolveu o troco. No outro dia, fui passar a nota em uma farmácia, com seu “rasgado” e descobri que a mesma era falsa, e que é um golpe comum em Buenos Aires, os taxistas trocarem as notas verdadeiras por falsas, alegando algum motivo. Por isso evitem pagar corridas de táxi com notas altas e não deixe brechas para eles aplicarem o golpe em vocês.

A ÁGUA EM ALGUNS LUGARES: Na Bolívia, Peru, alguns países da Europa e até na nossa região pantaneira, a água é rica em magnésio, e este minério em excesso pode causar desajuste intestinal. E nós sem conhecimento, cortamos muitos dos alimentos e continuamos só na água, achando que vamos melhorar e na verdade nada melhora.
Na Bolívia, é recomendado a água VITAL 02, que tem uma menor quantidade de magnésio, o que sempre é bom observar em viagens e águas desconhecidas.
Desajustes intestinais também podem ser causados por conta da altitude e esforços físicos quando ainda não estamos bem aclimatados.
Então importante cuidar sempre não só do que se come em viagens, mas também do que se bebe e da aclimatação, levar sempre algum remédio para cortar desajustes é bom e válido.

Language »