Gruta Rei do Mato – MG

Confesso que conheci a Gruta Rei do Mato sem muitas expectativas, e o que eu vi me deixou encantado e só pensando: “Como não ouvi falar deste lugar antes?”. Considerada uma das 50 maiores grutas de Minas Gerais, com certeza este cantinho repleto de belas obras de arte produzidas pela natureza merece mais reconhecimento. Agora vamos lá que eu quero te mostrar o porquê. 

INFORMAÇÕES DE: Novembro de 2017.

ROTEIRO PARA: 1 dia.

TIPO DE VIAGEM: Bate e Volta de Belo Horizonte.

HOSPEDAGEM: Wally’s House Hostel – Belo horizonte – (R$ 95/dia – Quarto privado com cama de casal e banheiro compartilhado).

Este é um novo hostel inaugurado em setembro de 2017 em um bairro tradicional da zona sul: Barro Preto. O Hostel fica a 1,2 km do Mercado Central, uma das principais atrações da cidade e tem uma equipe super simpática.

Um lugar simples, bem localizado e com vários tipos de quartos, de privativo a quartos compartilhados – Um hostel com bom preço e jeito de mochileiro – Contatos no fim do post.

Precisando fazer sua reserva? Consulte os preços do Wally´s e reserve sua estadia pelo BOOKING.COM nos atalhos do blog, estas reservas viram pequenas comissão, VOCÊ NÃO PAGARÁ NADA A MAIS POR ISSO, e estará ajudando o Blog a se manter no ar, monetizando nosso trabalho e rendendo ótimas dicas para você.


Booking.com

SOBRE A GRUTA REI DO MATO

Poucos sabem, mas no entorno de Belo Horizonte há um incrível complexo de cavernas chamado de “Rota das Grutas de Peter Lund”, nome em homenagem a um pesquisador dinamarquês considerado o pai da arqueologia no país, e que explorou  mais de 200 cavernas no século XIX. Suas descobertas contribuíram muito para conservação e preservação das mesmas. Portanto nada mais justo que homenageá-lo assim, não acha?

Fazem parte do complexo Peter Lund:  a Gruta da Lapinha, em Lagoa Santa, a Gruta de Maquiné em Cordisburgo e a Rei do Mato em Sete Lagoas, de quem vamos falar aqui.

Considerada uma das 50 maiores cavernas de Minas Gerais a Rei do Mato ainda esta “viva”, como nos disse a guia. Lá ainda é possível ver as estalactites se formando e as gotas de água caindo do teto, fazendo este incrível processo de transformações de água e minérios em verdadeiras obras de arte.

Aberta desde 1988, dos seus 998 metros de extensão, apenas 220 estão abertos ao público. A gruta possui uma ótima infra estrutura com passarelas e escadarias, sendo de fácil acesso.

Mas de onde saiu este nome você está me perguntando?

Alguns dizem ser lenda, os mais antigos garantem ser verdade!

No início do século a gruta começou a ser habitada por um homem forte de características européia. Facilmente notado na cidade, este novo morador branco e louro, aparecia algumas vezes e depois desaparecia novamente. Todos diziam que ele se escondia na gruta.

Sua identidade nunca foi descoberta, e acreditam, pelas suas características físicas que ele veio do sul do país e era um refugiado da revolução de 30.

Lenda ou não, esta figura sem nome ficou conhecida como “Rei do Mato”, e como acreditam que sua casa era a gruta, a mesma acabou recebendo este nome em homenagem a esta figura desconhecida de Sete Lagoas.

14- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Como chegar na Gruta Rei do Mato?

Endereço: Rodovia BR-040, Km 472, s/nº – Sete Lagoas – Complemento: Sete Lagoas – Trevo.

A  Gruta Rei do Mato fica a 68 km de Belo Horizonte, pouco mais de 1h de carro. Portanto, um perfeito bate e volta da capital mineira.

A gruta está super acessível. Para quem vem de Belo Horizonte pela BR 040, assim que chegar em Sete Lagoas você fará um contorno para MG 238 e mal terminará o contorno já estará no estacionamento da gruta que fica bem neste trevo.

O caminho todo é de asfalto e em boas condições.

 Mapa: Acesso de Belo Horizonte até a Gruta Rei do Mato.

Quando ir na Gruta Rei do Mato?

A gruta por ser um local fechado e de caminho curto não tem muitas limitações para ser conhecida, podendo ser visitada o ano todo.

Segurança.

Para visitar a gruta é importante estarmos atentos a alguns cuidados:

1- É obrigatório o uso de calçado fechado: Ainda me lembro da guia falando: “Não esquece de falar no seu blog do calçado fechado. Tem gente que vem até aqui e não pode visitar, dá uma dó!” – Então está ai o recado… rs.

2- Procure ir com roupas leves e evite levar peso, são 40 minutos aproximadamente de visita.

3- Proibido levar alimentos para o interior da Gruta.

4- Como relatei no início do post, essa é uma Gruta “viva”, portanto não toque nas estalactites e estalagmites, isso pode interromper e prejudicar milhões de anos de trabalho da natureza.

5- Esta gruta, diferente de algumas que visitei, não disponibiliza capacetes, cuidado com a cabeça na hora de entrar.

6- Atenção também que a gruta é casa de aranhas marrons.

7- A idade mínima para acesso a gruta é de 6 anos.

Agora que estão preparados, vamos para o que interessa: O Roteiro.

ROTEIRO PARA GRUTA REI DO MATO

Como é visitar a Gruta Rei do Mato?

Horário de funcionamento: Diariamente das 8h00 às 17h00.  Horário de visitação a caverna de 9h00 às 16h00, sendo o último grupo saindo às 16h.

Entrada: R$ 15 inteira e R$ 7,50 (para estudantes com carteirinha e visitantes acima de 60 anos).

OBS: O valor passará para R$ 25,00 a partir de janeiro de 2018.

Grupos saem de 15 em 15 minutos durante a semana e de meia em meia hora nos finais de semana e feriados.

Duração: A média da duração do passeio é de 40 min.

Lá estava eu ás 7h30 saindo de Belo Horizonte rumo a Sete Lagoas para colocar no currículo mais uma gruta incrível, mas até então eu não sabia que este lugar me surpreenderia tanto.

Um pouco mais de uma hora de viagem já estava estacionando meu carro, e logo de cara já gostei da infra estrutura do local. A área tem uma ótima infraestrutura com um amplo estacionamento, lanchonete, terminal, museu de arte e enfermaria para primeiros socorros.

Mal paguei minha entrada e já corri para o tour, pois já tinha uma saída acontecendo naquele momento. Um grupo pequeno, de apenas 7 pessoas, 8 com a guia.

Sobre a Trilha

A trilha para a gruta é bem curta e bem estruturada, toda calçada até chegar na entrada, e internamente com escadas e passarelas. Ao todo você ira andar em torno de 420 metros. São 200 metros de trilha até a entrada da gruta, e mais 220 metros de passarelas dentro da Gruta e 131 degraus.

A primeira parada é na: Grutinha.

A Grutinha, como o próprio nome diz, é uma pequena gruta ao lado da Rei do Mato, onde há pinturas rupestres datadas de mais de 6 mil anos e uma replica de esqueleto de um animal pré-histórico.

2- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: No caminho para a Rei do Mato encontramos a grutinha.

2.1- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Apesar de bem estruturada esta subida é bem íngreme e em dias de chuva fica bem escorregadia.

Aqui já começa a aula, tive sorte de pegar uma guia bem mineirinha e super simpática, e o melhor que entendia muito não só desta gruta, mas da região e foi o máximo te-la como guia, ainda não me perdoo de no dia não ter anotado o nome ela, demorei para escrever este relato e acabei esquecendo.

3- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: A grutinha faz jus ao nome no diminutivo, sendo bem pequenininha.

3.1- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Eu e a replica perfeita do Xenorhinotherium bahienses, animal herbívoro que habitou Minas, Bahia e sul de São Paulo.

4- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Este animal foi o ancestral da nossa anta.

4.1- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Demorei para entender que era uma réplica, cheguei achando que era verdadeiro.

Na grutinha é onde estão as pinturas rupestres. Vi coisas tão linda nas cavernas do Peruaçu, que nem vi muita graça, mas para quem nunca viu uma, eis aqui a oportunidade.

5- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Recebemos uma aula aqui.

5.1- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: As pinturas foram feitas com sangue e gordura vegetal.

5.2- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: O estado de conservação não é muito bom, mas sempre é incrível ver e pensar que isso foi feito a milhões de ano atrás.

Após a grutinha finalmente fomos conhecer a Rei do Mato.

Quando chegamos olhamos de fora aquele pequeno buraquinho na rocha e não damos nada para ele. Na real esta foi a menor entrada de gruta que já vi até hoje.

Gruta Rei do Mato

Foto: Para entrar na gruta tem que ser agachadinho…rs.

Quando entramos a beleza vai se mostrando timidamente, bem devagar. Nos primeiros salões não vimos coisas extraordinárias, mas conforme vamos nos aprofundando a visão fica cada vez mais grandiosa e bela. São 30 a 40 metros de profundidade para conhecer os 220 metros aberta a visitação. Sentimos também lá dentro a diferença de temperatura, que varia de 17º a 20º C, dependendo do ponto em que você se encontra.

A gruta é toda iluminada com lâmpadas de LED (lâmpadas frias) que provocam impacto menor nas formações. Antigamente, usavam lâmpadas quentes o que causou a formação de líquens nas formações, impedindo o crescimento dos espeleotemas.

Como é dividida a Gruta Rei do Mato

1- Salão couve flor

Este é o primeiro salão que passamos e fica fácil entender o nome quando vamos observando as características das formações.

Estas belas formações acontecem pelo conjunto de três motivos: a transpiração das rochas em épocas de chuvas, pela água corrente e também pelas goteiras que vão acumulando calcário.

1- Quero Mochilar

Foto: Couve flor ou Brócolis? Os dois… 

Gruta Rei do Mato Quero Mochilar

Foto: Lindo não é? O nome fica fácil de entender, e somos recebidos assim.

Alguns minutos passamos aqui entendendo sobre estas rochas, as formações o material, uma verdadeira aula, e logo depois continuamos gruta abaixo. O próximo salão é:

2- Salão dos desabafados

O Segundo salão, tem este nome por causa dos desmoronamentos ocorridos. Os blocos já se acomodaram, portanto dizem que não há risco de novos desabamentos.  Será?…rs.

7- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Descendo para o salão dos desabados.

9- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Olha ai o “furdunço”.

A partir daqui as coisas começam a ficar mais show de bola, e as formações ficam ainda mais encantadoras. E para ajudar temos uma visão privilegiada para o piso de baixo, que ainda esta por vir.

9.9.1- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Local com uma bela vista.

9.9- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Logo estarei lá embaixo…rs.

9.8- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Pertinho do teto, só observando os espeleotemas que são a denominação geral que se dá para estalactites (que nascem no teto) e estalagmites (que nascem no chão). 

10- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: No caminho para o terceiro salão tem um trecho bem apertadinho, cuidado com a cabeça. 

10.8- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Esta rocha brilhava tanto que realmente parecia algo de valor. A guia falou que este brilho é só aqui mesmo e que lá fora no sol ela não fica assim. 

3- Salão principal

Este é o maior salão da gruta, com 80 metros de extensão. Aqui você irá encontrar várias estalactites com as pontas quebradas. Antes de se tornar uma área protegida, algumas pessoas entravam aqui e imaginavam que o brilho das formações tinham valor econômico e acabaram quebrando algumas das estalactites, milhares de anos perdido por pura ignorância, triste, não?

12-- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: O verde são musgos, devido a iluminação inadequada de antigamente. As estalactites quebradas neste ponto foram para construção das passarelas.

13- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Aqui há uma parte da passarela que fica toda molhada em dias de chuva, mostrando que a gruta ainda esta “viva”.

Olha que visão ao começar entrar no salão das raridades.

14- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

4- Salão das raridades.

Aqui é onde você entende a verdeira beleza e grandeza do local. Um salão cheio de tipos diferentes de formações que levam nossa criatividade a loucura…rs.

Há de tudo aqui até elictites, formações que mais parecem plantas. Há formações que são encontradas só aqui e em outras grutas da Alemanha, por exemplo.

16- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Consegue identificar um rosto aqui.

Gruta Rei do Mato Quero Mochilar

Foto: Falam que parece Jesus a maioria, mas já viram até o Cerveró aqui….rs.

17- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Quando as estalactites e estalagmites se encontram formam as colunas, e esta aqui, por mais que pareça não é uma. Acredita?

19- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Realmente incrível esta gruta.

Já fui em várias grutas, mas nunca tinha visto uma estalagmite nascendo. Aqui foi a primeira vez.

18- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: O neném daqui, o xodó da gruta! Incrível, não?

20- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Formações raras – 2 colunas de 13 metros de altura com 30 cm de diâmetros – intactas ainda. Únicas colunas duplas que existem, e tivemos a sorte que mesmo com as visitações desordenadas e depredação que a gruta sofreu elas resistiram intactas. 

21- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Foto: Formação Cortinas.

22- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

Sai desta gruta encantado, não esperava ver tanta beleza neste dia e é este tipo de surpresa boa que me faz querer conhecer sempre mais deste mundão repleto de lugares incríveis.

Foi uma manhã sensacional. Aqui não é uma gruta como Maquiné ou Peruaçu, mas tem sua beleza e é sim um lugar que merece ser conhecido.

E DAÍ, QUANTO FICOU A BRINCADEIRA?

Orçamento para o dia: R$ 170,00

  • Entrada: R$ 15,00.
  • Estimativa de gasolina – bate e volta de BH: R$ 60,00.
  • Hospedagem em BH: R$ 95,00.

LIÇÕES APRENDIDAS

1- O lugar mais próximo para se hospedar é a cidade de Sete Lagoas, mas cabe perfeitamente no seu roteiro de Belo Horizonte um bate e volta, caso tenha tempo.

2- Grupos acima de 10 pessoas necessitam realizar agendamento – Contatos no fim do relato.

3- Para quem quer fazer a rota das grutas o ideal é fazer: Lagoa Santa, Rei do Mato e daqui dar uma esticada até Cordisburgo para visitar a Gruta de Maquiné.

4- Infelizmente não podemos filmar o interior da gruta.

5- No final do passeio, ainda para quem gosta de arte há um pequeno museu de um artista que retrata pinturas rupestres.

23- Quero Mochilar Gruta Rei do Mato

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS.

Fuso Horário: Horário de Brasília.

A VIAGEM CONTINUA…

Relato anterior: Belo horizonte – MG.

Super recomendado: Cavernas do Peruaçu – MG.

 RESUMÃO QUERO MOCHILAR EM PDF: Resumão_QM_ReidoMato.

Gostou? Compartilhe! Tem alguma sugestão ou atualização de informação? Enriqueça a pesquisa de seus amigos nos comentários. Além de ajudar o próximo viajante é super importante a opinião de vocês para o blog.

QUEM PODE TE AJUDAR?

18- Quero Mochilar Belo Horizonte

Este post foi possível com o apoio do

Wally´s House Hostel

Conheça o novo hostel da cidade no seu site Oficial

www.wallyshousehostel.com

Contatos

wallyshousehostel@hotmail.com

(31) 3245-4340 / (31) 99435-7328

Falar com Andressa.

 

 

  • Site de Belo Horizonte: Aqui.
  • Site da cidade: Aqui.

Contatos – Gruta Rei do Meto
Telefone: 31 3775-2695
Site: http://www.meioambiente.mg.gov.br
E-mail: mnegreidomato@meioambiente.mg.gov.br

Vai viajar? Planeje toda sua viagem com o Quero Mochilar!

O Quero Mochilar tem te ajudado com dicas e roteiros para o seu planejamento? Então que tal nos ajudar sem pagar nada a mais por isso, simplesmente fechando sua viagem com os serviços oferecidos pelas parceiras do Blog.

GARANTA AQUI

SEGURO VIAGEM – HOSPEDAGEM – ALUGUEL DE CARRO – TOURS – PASSAGENS AÉREAS – RESERVAS

Além de garantir sua programação com segurança, você estará ajudando a manter o site no ar cheio de dicas para você, sem gastar nada a mais por isso.

Siga-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags e atributos HTML :

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Language »