Okahandja – Namíbia

Até mesmo naquelas cidades menos turísticas podem ter algo histórico, ou uma atração bem legal nas proximidades, e em Okahandja há essas duas opções. Aqui é onde descansam vários heróis do país em frente a mais antiga igreja da Namíbia, e ainda é pertinho de um resort de águas térmicas no meio do deserto.

INFORMAÇÕES DE: Setembro de 2017.

ROTEIRO PARA: 1/2 dia – Passagem para Windhoek.

TIPO DE VIAGEM: Mochilão de Férias África do Sul e Namíbia – Parte XXII.

HOSPEDAGEM: Neste dia dormi em Okahandja, na casa do motorista Jonas, e aproveitei para conhecer a cidade que é pouco turística, mas tem coisas interessantes nos arredores.

Precisando de lugar para ficar na Namíbia? Consulte e reserve sua estadia pelo BOOKING.COM nos atalhos do blog, estas reservas viram pequenas comissões, VOCÊ NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO, e estará ajudando o Blog a se manter no ar, monetizando nosso trabalho e rendendo ótimas dicas para você.

SOBRE OKAHANDJA

Okahandja é uma cidade na região de Otjozondjupa, relativamente próxima a capital. Seu nome significa “lugar onde dois rios confluem para formar um largo”.

O centro da cidade é até bem estruturado, há restaurantes, supermercados etc, mas ela mesmo é rodeado por assentamentos. Estes assentamentos foram formados por duas tribos da região, os herero e nama, em meados de 1800.

Segundo o censo, a população de 2001, era de 18.155 habitantes, sendo a maioria deles da etnia herero. Nada turística, rodeada por estes assentamentos, dificilmente você irá considerar entrar na cidade, mas acho que foi aqui que realmente vi o que é a Namíbia.

Como chegar?

Okahandja fica a 72 km de Windhoek, cerca de 50 minutos de viagem. O trajeto é todo pela rodovia B1, que está em ótimas condições. A cidade fica na sua margem, por tanto “facim, facim” de chegar, e se for para o Etosha National Park, com certeza passará por ela.

 Mapa deslocamento partindo de Windhoek

Quando ir?

Tanto a cidade como o hotspring (onde há um resort) podem ser visitados durante o ano todo.

A temporada maior do resort são durante as férias escolares no país que vão de junho a agosto, sendo agosto o pico da temporada.

Recomendo ler este post do Casal Wanderlust para planejar sua ida à Namíbia – Há dicas incríveis para cada mês do ano: Site Casal Wanderlust.

Segurança.

Por ser uma cidade menos turística, você será menos incomodado, mas nem por isso vacile e deixa a sua desconfiança de brasileiro de lado.

O maior perigo mesmo estão nas estradas que estão cheias de javalis e babuínos na pista…rs.

Do mais divirta-se.

Falando em segurança: Você já tem seguro viagem? Não?

Viajar sem é loucura, portanto nunca faça isso!

O Quero Mochilar fechou parceria com uma famosa marca de seguro viagem e esta com preços imbatíveis. Confira fazendo uma cotação no banner publicitários deste artigo, ou saiba mais sobre os benefícios de fechar o seguro viagem com a gente neste link: Saiba mais.

ROTEIRO

Dia 18 e 19 – 12 E 13/09/2017

Terminei meu décimo oitavo dia, após conhecer o Cheetah Conservation Fund, nesta cidade pouco turística, onde eu pernoitaria na casa do Jonas, o namibiano que estava nos guiando pelo país.

Okahandja não tem nada demais ou imperdível, e nem é um destino procurado, e por isso mesmo gostei de passar por lá. E mesmo em um lugar assim – não tão interessante quanto os destinos turísticos – fui apresentado a coisas interessantes e que vale a pena relatar.

Como chegamos e ainda era dia, finalizamos o mesmo conhecendo a principal atração da cidade.

Rhenish Mission Church

Horário de funcionamento: Não é aberta para visitação.

Esta igreja não é apenas o edifício mais antigo de Okahandja, mas também da Namíbia. Consagrada em 1876, em frente a ela há um ​​cemitério com vários heróis do país, entre eles há missionários e até soldados alemães. A Igreja tinha planos de iniciar uma estação missionária na terra dos hereros a partir de 1840, mas foi abandonada devido a uma seca e subseqüente falta de água potável.

No final desta década, a missão também foi forçada a cancelar quaisquer esperanças de conversão à sua fé, quando Jonker Afrikaner e seus homens entraram em fúria.

Foto: A igreja mais antiga do país é construída em forma de cruz e foi erguida com tijolos secos ao ar. Tem janelas estreitas, colocadas em muros altos.

Logo em frente a igreja há o conhecido cemitério da missão do reno, e ambos foram proclamados um monumento nacional em 20 de dezembro de 1975 e são uma parada popular em muitas excursões pela Namíbia.

Foto: Logo em frente a igreja está este pequeno cemitério.

Neste pequeno espaço estão enterradas algumas pessoas ilustres do país como:

Reverendo Assaria Cleophas Kamburona.

Este reverendo foi um famoso bispo, que ganhou fama por ser sincero e destemido.

Kuaima Isaac Riruako

Kuaima foi um grande político namibiano, chefe supremo do povo herero. Ele serviu como representante da Organização Nacional Democrática de Unidade (NUDO) no Parlamento, sendo seu Presidente e o candidato presidencial nas eleições presidenciais de 2004, quando ficou em quarto lugar com 4,23% dos votos nacionais.

Citei apenas duas das pessoas, mas há mais ilustres por aqui.

Depois deste rápido passeio, compramos pizza e coca e  levamos para casa do Jonas.

Esta foi uma noite bem agradável, diverti muito com as conversas, assistindo novela indiana, ensinando português e aprendendo algumas palavras da língua local com novos amigos… uma noite realmente especial: rimos, bebemos e nos conhecemos todos melhor.

Foto: Bons momentos entre novos amigos.

Foto: Luana aprendendo a culinária namibíana com a simpática Pena.

Dia 19 – Uma passadinha no Gross Barmen Resort

Gross Barmen Resort 

Horário de funcionamento:  Funciona diariamente em tempo integral para hóspedes.

Para quem deseja passar o dia somente, o pacote full day é das 7:00 às 18:00.

Valor: N$ 150 – R$ 40,50 (Passar o dia)

Obs: Demais taxas consulte o site oficial: https://nwr.com.na  

Foto: Entrada.

Meu penúltimo dia desta viagem incrível pela África começou cedo, pois tinha ainda a capital para explorar. Fui então conhecer um famoso resort que há na região. Aqui se localiza os famosos hotsprings, que são nada mais que buracos no chão de onde saem água quente.

Foto: Eu e Jonas sentados no poço que emerge água quente com cheiro fortíssimo de enxofre.

Foto: O Hotspring – Daqui emerge água quente com cheiro forte de enxofre. O poço não é fundo, há pouca água e está cheio de moedas… rs.

O Gross Barmen Resort fica a cerca de 100 km de Windhoek, às margens de um afluente do rio Swakop. Este lugar é um novo projeto de atualização dos resorts de vida selvagem do país, sendo praticamente um oásis no meio daquela secura toda, pois além de água está cercado por belas fileiras de palmeiras e gramados verdes, sendo um lugar ideal para descanso.

O Gross Barmen é também um spa e suas instalações buscam de modo geral o bem-estar dos hospedes com áreas para exercícios e lazer. Sua principal atração é o centro de saúde e hidromassagem / médico com fontes termais que oferece uma gama completa de tratamentos, massagens e atividades de saúde para relaxamento. Tudo isso é possível devido a sua localização, em torno de uma fonte termal mineral natural.

Foto: Piscinas.

Foto: A barragem próxima atrai mais de 150 espécies diferentes de aves, tornando-se um ponto de acesso para a observação de aves.

Foto: São vários os tipos de aves por aqui.

Foto: Infelizmente não consegui experimentar a comida desta restaurante, mas penso ser ótima. 

Concluindo, o Gross Barmen é o fim de semana perfeito para viajantes, um bom descanso após um safári, pena que eu não estava no clima de descanso ainda, senão relaxaria aqui, mas deixo a dica para você que se aventurará ainda pela Namíbia.

Após a visita, corri para um dia cheio de programação na capital do país.

E DAÍ, QUANTO FICOU A BRINCADEIRA??

Gasto médio diário na Namíbia: R$ 624,25 reais.

Incluído: Tour com Jonas, Passagem de volta para Johannesburgo, deslocamentos internos, acampamentos, alimentação, compras etc… tudo que foi gasto nos 7 dias que passei no país.

Orçamento para este passeio: N$ 238,50 – R$  64,40.

  • Entrada Resort:  N$ 150 – R$ 40,50 (No dia como só fui conhecer, consegui entrar sem pagar).
  • Alimentação: N$ 88,50 – R$ 23,90

LIÇÕES APRENDIDAS.

1- O Resort vale a pena se realmente for ficar o dia todo ou até pernoitar. Passar só para conhecer como eu fiz, não é legal.

2- Okahandja é bem estruturada: há supermercado e restaurantes, mas estes fecham cedo, e são poucas as opções. Não é uma cidade com vida noturna ou muitas atrações.

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS.

Fuso Horário: + 5h (Brasília).

Língua

O idioma oficial da Namíbia é o inglês, mas existem ainda outras 13 línguas regionais no país, como uma das mais tracionais delas o Africâner.

Como a Namíbia foi colonizada pela Alemanha, você pode encontrar algumas coisas no idioma.

Moeda

A moeda oficial do país é o Dólar Namibiano (NAD / N$).

Foto: Ignore os 50 rands (África do Sul) perdido ali no meio…rs.

Em alguns lugares podem aceitar o Rand sul africano, cujo a cotação é próxima ao Dólar Namibiano, o contrário já não acontece na África do Sul.

Em relação as minhas cotações:

  • $ 1 Dólar americano – N$ 12,55
  • R$ 1,00 Real – N$ 3,68

OBS: Para converter os dólares namibianos para reais, multiplique por 0,27.

Cotação atual: Clique aqui.

Gorjetas: Nós brasileiros não temos costume de dar gorjetas, na verdade temos até dificuldade… rs, mas na Namíbia, elas são sempre bem vindas e esperadas. O ideal é pagar no mínimo 10%.

Vistos e Vacinas

Boa pra nós!

Brasileiros não precisam de visto para permanência menor que 90 dias e é exigido somente passaporte com no mínimo 6 meses de validade.

Em relação a vacinação é obrigatório a vacina contra febre amarela (certificado com validade internacional).

Tomada

O padrão é do Tipo D.

Foto: Foto cedida pelos amigos Casal Wanderlust (www.casalwanderlust.com.br).

Voltagem: 220 V.

A VIAGEM CONTINUA…

Relato Anterior: Cheetah Conservation Fund – Namíbia.

Próximo Relato: Windhoek – Namíbia.

Primeiro Relato deste Mochilão: Soweto – África do Sul.

Gostou? Compartilhe! Tem alguma sugestão ou atualização de informação? Enriqueça a pesquisa de seus amigos nos comentários. Além de ajudar o próximo viajante é super importante a opinião de vocês para o blog.

QUEM PODE TE AJUDAR?

Embaixada Brasileira em Windhoek.

JONAS NUULE

IMG_5562

MOTORISTA – NAMÍBIA  YYYYYDiferencial: Você negocia seu trajeto com ele e ele roda a Namíbia inteira se for preciso com você. No seu tempo e ritmo e sai bem mais em conta.

Facebook: Click aqui.

WhatsApp: + 264 812863631

A EXPERIÊNCIA COM O QUERO MOCHILAR Escolhi meu trajeto, passei para ele e ele me conduziu por 5 dias pelo país. É um excelente motorista e uma pessoa honesta e de confiança. Na época que contratei ele não era um guia turístico, e sim um motorista, mas estava se aprimorando para isso.Seu trabalho está mais que testado e aprovado!

 

Vai viajar? Planeje toda sua viagem com o Quero Mochilar!

O Quero Mochilar tem te ajudado com dicas e roteiros para o seu planejamento? Então que tal nos ajudar sem pagar nada a mais por isso, simplesmente fechando sua viagem com os serviços oferecidos pelas parceiras do Blog.

GARANTA AQUI

SEGURO VIAGEM – HOSPEDAGEM – ALUGUEL DE CARRO – TOURS NACIONAIS E INTERNACIONAIS – PASSAGENS AÉREAS – RESERVAS – CHIP DE CELULAR

Além de garantir sua programação com segurança, você estará ajudando a manter o site no ar cheio de dicas para você, sem gastar nada a mais por isso.

 

 

Siga-nos
0

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Language »