Outjo – Namíbia

Todo lugar famoso tem aquela parada estratégica, e esta pequena cidade no meio da Namíbia é exatamente este lugar. A principal porta de entrada para o mais conhecido safári do país, Outjo é uma cidadezinha super limpinha, simpática, com ótimos restaurantes e até museus, por isso, um tempo aqui não será um momento perdido.

INFORMAÇÕES DE: Setembro de 2017.

ROTEIRO PARA: Uma parada rápida – Estava apenas de passagem pela cidade.

TIPO DE VIAGEM: Mochilão de Férias África do Sul e Namíbia – Parte XX.

HOSPEDAGEM: Neste dia dormi em Okahandja, na casa do Motorista Jonas, mas em Outjo há várias pousadas e hotéis, e quem não conseguir dormir no parque pode optar por pernoitar aqui tranquilamente.

Precisando escolher um lugar para ficar? Consulte e reserve sua estadia pelo BOOKING.COM nos atalhos do blog, estas reservas viram pequenas comissões, VOCÊ NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO, e estará ajudando o Blog a se manter no ar, monetizando nosso trabalho e rendendo ótimas dicas para você.

SOBRE OUTJO

Outjo é uma cidade pequena com cerca de 6.000 habitantes, fundada por alemães em 1897 e localizada na Região do Kunene no norte da Namíbia. Esta cidade é a porta de entrada para uma das principais atrações do país, o Etosha National Park. Com essa localização estratégica, a cidade, cujo nome significa pequenas colinas, há bons restaurantes, padarias, pousadas e até mesmo alguns entretenimentos para fisgar estes turistas que estão buscando o que todos querem da África, os safáris.

Como chegar?

Outjo fica situada na Estrada C38, a cerca de 90 km a sudoeste da entrada sul do Etosha, a Anderson Gate. Outjo é também a última cidade antes da entrada na Damaralândia (pela C39 em direção a Khorixas) e no Kaokoaveld (pela C40 em direção a Kamanjab). A cidade é servida por um aeródromo capaz de receber aviões de pequeno porte, que está a 10 km do seu centro, mas a maioria das pessoas passa por aqui é de carro mesmo.

Em relação a capital Windhoek, a cidade está a 317 km, 3 horas e meia de viagem.

 Mapa deslocamento Windhoek até Outjo

Quando ir?

O turismo segue a demanda do Etosha National Park, ou seja, quando é temporada lá, o setor hoteleiro tem bastante procura aqui também.

Para saber mais sobre temporadas no parque, leia o post do Etosha National Park. Que por sinal, tem várias fotos show.

Segurança.

Cidade tranquila e pequena, por isso, sem muitas precauções, mas mesmo assim, não esqueça da sua segurança.

Foto: Ahhhh, só um alerta. Há muitos javalis nas estradas, se ver algum com rabo em pé, cuidado, pode atravessar a pista a qualquer momento.

Falando em segurança: Você já tem seguro viagem? Não?

Viajar sem é loucura, portanto nunca faça isso!

O Quero Mochilar fechou parceria com uma famosa marca de seguro viagem e esta com preços imbatíveis. Confira fazendo uma cotação no banner publicitários deste artigo, ou saiba mais sobre os benefícios de fechar o seguro viagem com a gente neste link: Saiba mais.

ROTEIRO

Dia 17 – 12/09/2017

Saímos do Etosha com o dia todo pela frente, e com isso pensamos : “O que vamos fazer?”, já que não tínhamos programação definida para esta tarde.

Resolvemos parar em Outjo, chegamos em torno das 11h00, e como ainda estava cedo fomos dar uma volta na cidade antes de almoçar.

A cidade é bem simpática, limpinha, com bastante comércio e até umas mulheres himbas é possível ver pelas ruas.

Explorando, logo vimos uma placa no centro escrito: Museu – e então decidimos investigar.

Museu de Outjo

Horário de funcionamento: Das 7h30 – 13h00 / 14h30 ás 17h00.

Valor: N$ 10 (R$ 2,70) – Adulto – crianças pagam meia entrada.

Este é um pequeno museu que tem como o objetivo mostrar um pouco da cultura e colonização da região. É possível ver aqui equipamentos, vestimentas e várias outras coisas que eram usados pelos primeiros colonizadores.

Também há uma ala, que mostra peles, crânios, chifres e várias partes de animais que eram usadas como enfeites das casas.

Este museu é bem simples, e uma visita rápida. Interessante é, mas nada indispensável. Penso que se tiver um tempinho sobrando e quiser passá-lo de uma forma melhor, vale a pena conhecê-lo, até porque é baratinho.

Foto: Há uma coleção de pedras, mostrando a geologia da região.

Foto: Um dos manequins com as vestimentas que eram usadas na época da colonização.

Foto: Crânio de elefante.

Foto: Há uma parede só dedicada aos chifres de antílopes – Sem zoeira na foto, viu?… rs

Foto: Pele de leopardo já foi tapete… triste, mas cultura. Aliás, até hoje não é estranho, a caça é bem aberta por aqui.

Foto: Um jovem leão macho, também adornando a parede do museu.

Foto: Girafa e zebra.

Foto: A imitação das pinturas rupestres que haviam aqui.

Museu visitado, muito tempo sobrando e o pensamento não sai da cabeça: E depois daqui? … Almoçar??…  O que fazer??? Nós teríamos muito tempo, já que íamos pernoitar em Okahandja, e um lugar nos deu a resposta que procurávamos.

Na avenida principal, próximo ao restaurante encontramos a: Namibia (SWA) Gem-Stones.

Além de ser uma loja interessante cheia de belos souvenirs, aqui encontramos uma equipe super disposta a nos ajudar e que nos encheu de informações. Neste lugar definimos que depois do almoço, íamos visitar um centro de preservação das Cheetahs, que ficava bem no nosso caminho.

Foto: Não deixe de entrar aqui!

Agora vamos lá para a melhor hora do dia, e recomendo demais o almoço aqui, achei barato e de qualidade.

The Farm House Restaurant

Além de restaurante aqui é uma pousada e se você é um carnívoro, aqui é a oportunidade de almoçar como o rei da selva. Isso mesmo, o cardápio daqui é o mesmo que o “dele”, o leão, e você tem a oportunidade de provar a carne de caça, ou game steak, como chamam aqui.

Há carne de springbox (gazela), Eland, Kudu, Óryx (tipos de antílopes) e Zebra.

Foto: Prato 1: Carne de Zebra ( N$ 109 – R$ 29,43).

Foto: Prato 1: Carne de Óryx ( N$ 99 – R$ 26,73).

E DAÍ, QUANTO FICOU A BRINCADEIRA??

Gasto médio diário na Namíbia: R$ 624,25 reais.

Incluído: Tour com Jonas, Passagem de volta para Johannesburgo, deslocamentos internos, acampamentos, alimentação, compras etc… tudo que foi gasto nos 7 dias que passei no país.

Orçamento para este passeio: N$ 442,75 – R$ 119,54.

  • Entrada museu: N$ 10 – R$ 2,70.
  • Almoço: N$ 175 – R$ 47,25.
  • 1/2 Abastecimentos: N$ 200,25 – R$ 104,00.
  • Supermercado: N$ 57,50 – R$ 15,53.

LIÇÕES APRENDIDAS.

1. Aproveite para abastecer seu carro na cidade.

2. Tente almoçar aqui, há ótimos restaurantes e com carne de caça (zebras, kudu, springbox (gazela) etc…

3. Vale a pena passar em seus museus, é rápido e barato.

Foto: Em frente a padaria há ainda este outro museu, que não sei do que seria… rs.

4. Há sempre himbas andando pelas ruas, fique atento.

5. Aqui é um ótimo lugar para fazer compras antes de ir para o parque.

6. Há varias fazenda particulares de safári na região, além de lugares de proteção de felinos.

7. Na avenida principal da cidade, quase em frente do The Farm House, há uma ótima padaria.

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS.

Fuso Horário: + 5h (Brasília).

Língua

O idioma oficial da Namíbia é o inglês, mas existem ainda outras 13 línguas regionais no país, como uma das mais tracionais delas o Africâner.

Como a Namíbia foi colonizada pela Alemanha, você pode encontrar algumas coisas no idioma.

Moeda

A moeda oficial do país é o Dólar Namibiano (NAD / N$).

Foto: Ignore os 50 rands (África do Sul) perdido ali no meio…rs.

Em alguns lugares podem aceitar o Rand sul africano, cujo a cotação é próxima ao Dólar Namibiano, o contrátrio já não acontece na África do Sul.

Em relação as minhas cotações:

  • $ 1 Dólar americano – N$ 12,55
  • R$ 1,00 Real – N$ 3,68

OBS: Para converter os dólares namibianos para reais, multiplique por 0,27.

Cotação atual: Clique aqui.

Gorjetas: Nós brasileiros não temos costume de dar gorjetas, na verdade temos até dificuldade… rs, mas na Namíbia, elas são sempre bem vindas e esperadas. O ideal é pagar no mínimo 10%.

Vistos e Vacinas

Boa pra nós!

Brasileiros não precisam de visto para permanência menor que 90 dias e é exigido somente passaporte com no mínimo 6 meses de validade.

Em relação a vacinação é obrigatório a vacina contra febre amarela (certificado com validade internacional).

Tomada

O padrão é do Tipo D.

Foto: Foto cedida pelos amigos Casal Wanderlust (www.casalwanderlust.com.br).

Voltagem: 220 V.

A VIAGEM CONTINUA…

Relato Anterior: Etosha National Park – Safári.

Próximo Relato: Cheetah Conservation Fund – Namíbia.

YOUTUBE: Veja este resumo de 1 minuto do nosso próximo destino 

 

RESUMÃO QUERO MOCHILAR EM PDF: Resumão_QM_Outjo

Gostou? Compartilhe! Tem alguma sugestão ou atualização de informação? Enriqueça a pesquisa de seus amigos nos comentários. Além de ajudar o próximo viajante é super importante a opinião de vocês para o blog.

QUEM PODE TE AJUDAR?

Embaixada Brasileira em Windhoek.

Site Oficial (em inglês): http://www.etoshanationalpark.org/

JONAS NUULE

IMG_5562

MOTORISTA – NAMÍBIA  YYYYYDiferencial: Você negocia seu trajeto com ele e ele roda a Namíbia inteira se for preciso com você. No seu tempo e ritmo e sai bem mais em conta.

Facebook: Click aqui.

WhatsApp: + 264 812863631

 

A EXPERIÊNCIA COM O QUERO MOCHILAR Escolhi meu trajeto, passei para ele e ele me conduziu por 5 dias pelo país. É um excelente motorista e uma pessoa honesta e de confiança. Na época que contratei ele não era um guia turístico, e sim um motorista. Hoje está trabalhando em parceria com uma brasileira na Brazuca´s Travel e vem se aprimorando para trabalhar como guia.

Seu trabalho está mais que testado e aprovado!

Vai viajar? Planeje toda sua viagem com o Quero Mochilar!

O Quero Mochilar tem te ajudado com dicas e roteiros para o seu planejamento? Então que tal nos ajudar sem pagar nada a mais por isso, simplesmente fechando sua viagem com os serviços oferecidos pelas parceiras do Blog.

GARANTA AQUI

SEGURO VIAGEM – HOSPEDAGEM – ALUGUEL DE CARRO – TOURS – PASSAGENS AÉREAS – RESERVAS

Além de garantir sua programação com segurança, você estará ajudando a manter o site no ar cheio de dicas para você, sem gastar nada a mais por isso.

Siga-nos
0
  1. Ana Paula says:

    Que legal! Bom saber que nessa cidadezinha temos algumas opções de passeio.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Language »